O que Opalescence tem: Kosher e Xilitol

Os géis de clareamento Opalescence foram pensados e desenvolvidos para atender a públicos de todos os locais do planeta, bem como proporcionar o máximo de conforto e comodidade durante a experiência do tratamento clareador.

Com base nessa premissa, duas características únicas dos géis Opalescence se destacam: O Xilitol e a certificação Kosher.

Fresh Stevia Rebaudiana and sugar in a spoon
Xilitol é o substituto natural do açúcar

O xilitol é o produto que dá o sabor adocicado do gel Opalescence. Além de proporcionar este sabor e tornar a experiência do clareamento mais prazerosa, ele também traz uma série de benefícios à saúde do paciente, pois pesquisas sugerem que cinco minutos de exposição a um produto adoçado com xilitol irá neutralizar ácidos e trazer de volta o pH para um nível normal mais rapidamente. As bactérias na placa não podem metabolizar o xilitol, então elas morrem. Além disso, o xilitol é um substituto natural do açúcar e não um adoçante artificial, o que diminui o risco de cáries e se converte em uma alternativa para ajudar a garantir a durabilidade de vários procedimentos odontológicos.

download
Certificação Kosher atesta que o produto obedece às leis judaicas

Já a certificação Kosher comprova que os géis Opalescence são produzidos de uma forma que satisfaça os requerimentos exigidos na lei judaica. Ter a certificação Kosher em nossos géis e produtos clareadores possibilita que eles sejam usados por qualquer pessoa no mundo que consuma apenas produtos com esse tipo de certificação. Assim, estes produtos se encaixam no estilo de vida de pacientes de todas as crenças.

Anúncios

Como o Peróxido de Hidrogênio age no clareamento?

174409995

O peróxido de hidrogênio é também conhecido como água oxigenada, e possui diversas aplicações no mundo em que vivemos. Ele é usado desde a descontaminação até a ação alvejante (branqueadora/descolorante). Na odontologia ele também se aplica nestas duas características, funcionando tanto como um agente antimicrobiano quanto um agente clareador.

A primeira comercialização de Peróxido de Hidrogênio (H202) data de 1800, e sua produção mundial aumenta a cada ano. Ele é um dos oxidantes mais versáteis que existem, e é um dos principais agentes utilizados nos produtos clareadores do mercado odontológico, ao lado do peróxido de carbamida. Mas você sabe como esse produto age para efetuar o clareamento dentário?

Os géis clareadores, independente de sua concentração, liberam radicais oxidativos. Estes radicais de oxigênio atravessam a malha orgânica entre os prismas do esmalte, chegando na dentina, onde, ao atravessar a malha orgânica deste tecido, alcançam os pigmentos cromatogênicos. Lá, os radicais oxidativos agem quebrando a estrutura molecular destes pigmentos, transformando-os em moléculas que permitem a passagem de luz. Dessa forma, o pigmento cromatogênico se torna mais claro através da facilitação da passagem da luz por sua estrutura.

Os géis clareadores de qualidade disponíveis no mercado possuem, na sua formulação, a combinação entre o peróxido de hidrogênio e o flúor.

Confira aqui (em inglês) como o peróxido age no clareamento dental.

  • ANTUNES, F.; CADENAS, E. Estimation of H2O2 gradients across biomembranes. FEBS Lett, v.475, n.2, p.121-6, June 2000.
  • BONFIM, M.D.C.; ANAUATE NETTO, C.; YOUSSEF, M.N. Efeitos deletérios dos agentes clareadores em dentes vitais e não-vitais. J Bras Odontol Clin, v.2, n.9, p. 25-32, maio/jun. 1998.
  • CHEN, J.H.; XU, J.W.; SHING, C.X. Decomposition rate of hydrogen peroxide bleaching agents under various chemical and physical conditions. J Prosthet Dent, 69, n.1, p.46-8, Jan. 1993.
  • http://saudeperfeitarfs.blogspot.com.br/2009/09/peroxido-de-hidrogenio-1.html
  • drjimchan.com/hydrogen_peroxide

Qual o tom de branco correto para cada paciente?

anna-spring-36_f

Cada paciente tem um ideia diferente sobre o tom de branco perfeito. Alguns podem hesitar em clarear os dentes, temendo que o sorriso se torne branco demais. Eles podem desejar um sorriso brilhante, mas ainda com uma aparência mais natural – e não um sorriso estilo “Hollywood”. Este medo pode até fazer com que os pacientes evitem o clareamento dental.

Criar um plano de tratamento customizado de acordo com as necessidades do seu paciente pode diminuir o medo. Para aqueles pacientes preocupados com a possibilidade do sorriso se tornar muito branco, você pode começar com um tratamento entre cinco e sete dias, ao invés do tratamento de 10 a 14 dias. Monitore o progresso do paciente após o período de cinco a sete dias, e use uma guia de cores para mostrar ao paciente o progresso do tratamento. É nesta etapa que o paciente pode decidir se vai continuar o tratamento, ou, se ele considerar o resultado já satisfatório, considerar o tratamento completo.

Tenha em mente que cada pessoa reage ao tratamento de forma diferente, e alguns pacientes podem nunca conseguir o nível de clareamento que outros pacientes atingem com facilidade. Se chegarem à escala de clareamento desejada, os pacientes podem optar por interromper o tratamento a qualquer momento.

Ouvir às necessidades e desejos de seus pacientes ajudará você a criar o plano de tratamento correto para cada um deles. Nem todos procuram pelo mesmo resultado, e nem todos os pacientes têm a mesma preocupação. Como um profissional da odontologia, só você é capaz de responder aos questionamentos de seus pacientes e prescrever o tratamento correto para um resultado de sucesso.