Pergunte ao Dr. Fischer: A ciência por trás do clareamento.

No “Pergunte ao Dr. Fischer” de hoje, Dr. Dan Fischer, CEO da Ultradent, responde a perguntas sobre a ciência por trás do clareamento dental. Ele também esclarece uma dúvida muito frequente sobre os efeitos do clareamento dental no esmalte. Esperamos que goste das dicas e esclarecimentos que o Dr. Dan Fischer tem para compartilhar conosco sobre um assunto que nunca não sai de moda, clareamento!

000

questionDr. Fischer, poderia nos ajudar a entender melhor sobre a ciência por trás do clareamento dental?

respostaClaro! Como uma regra geral, a maioria das manchas internas de um dente são feitas de moléculas orgânicas que permanecem unidas por ligações duplas. Essas moléculas com ligações duplas absorvem seletivamente alguns comprimentos de onda de luz. A verdade é que nem todos os comprimentos de luz são absorvidos por estas moléculas, fazendo com que muitas vezes o dente apresente uma aparência escura.

Numa ligação dupla, cada ligação é constituída por elétrons que se opõem uns aos outros. O peróxido desempenha um incrível trabalho no rompimento destas ligações duplas. Aquele pequeno radical de oxigênio, O3, presente no peróxido está sempre em busca por um elétron para se conectar, estabilizar e transformar-se novamente em O2. Este O3, quando penetrado no dente e ligado a um elétron, quebra a ligação dupla e forma uma molécula de O2. Quando o peróxido é utilizado para quebrar ligações duplas em ligações simples e moléculas menores, as moléculas tornam-se translúcidas e a mancha parece desaparecer.

 

vre

Clareamento Dental ocorre quando o peróxido modifica a forma como moléculas de manchas refletem ou absorvem luz.

 

Por tanto, ao contrário da crença popular, quando um paciente tem seus dentes clareados com peróxido, as manchas do dente não são realmente removidas. O que realmente está acontecendo é que a solução de clareamento está mudando as moléculas e a forma como refletem ou absorvem a luz. As moléculas tornam-se translúcidas, fazendo com que o dente pareça mais branco.

 

questionÉ verdade que o clareamento dental pode descalcificar o dente devido a acidez do peróxido?

respostaÉ importante para os dentistas evitar agentes de clareamento com pH inferior a cinco, já que esses agentes demonstraram causar desmineralização. O ideal é que você utilize agentes de clareamento que tenham pH em torno de seis ou até mesmo próximo de sete. É importante ressaltar que o peróxido por si só, quando em sua formulação quase neutra, não causa a descalcificação do dente. Alguns dentistas acreditam ser necessário a remineralização dos dentes após o clareamento, mas a verdade é que o esmalte não é desmineralizado ou prejudicado se você estiver trabalhando com peróxido que tenha um PH próximo ao neutro.

 

vewvw

É possível ter um sorriso branco e saudável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s